A Católica de Vitória reuniu algumas pesquisas que ajudam a responder a essa pergunta.

A comparação entre quem fez Ensino Superior
e quem parou no Ensino Médio não deixa dúvidas:
o impacto positivo da graduação repercute por toda a vida.
Aumento da satisfação pessoal1
Aumento da taxa de empregabilidade2
Aumento da expectativa de vida1
Aumento do ganho médio por hora3

A graduação aumenta, em média, o salário de todos. Mas infelizmente, a assimetria entre homens e mulheres continua a existir. A Católica de Vitória acredita que o caminho para mudar isso passa pela educação.

Pessoas com ensino superior apresentam:1

Melhor percepção do mundo
Mais segurança
Mais autoestima
Desenvolvimento de habilidades

Quem estuda, ganha de goleada4

Você possivelmente já ouviu que um jogador de futebol ganha mais do que quem estuda durante anos. Mas jogador milionário é exceção à regra.

Um profissional com ensino superior ganha mais do que 96% dos jogadores de futebol profissionais no Brasil.

Ensino superior de qualidade

Mas, é claro, não basta ter qualquer diploma. É preciso ter uma educação inspiradora.

Essa é a diferença do grau de satisfação comparando quem relatou ter professores inspiradores na graduação com quem não teve.4

Visite o site e inscreva-se

1Pesquisa “What are the social benefits of education?”, 2013, OCDE

2Pesquisa Você no Mercado de Trabalho, 2008, FGV/Instituto Votorantim

3Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 2017, IBGE. Média para ensino superior: R$ 42,30/h (homens) e R$ 28,96/h (mulheres). Média para ensino médio: R$ 13,92/h (homens) e R$ 10,47/h (mulheres)

4Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 2017, IBGE, considerando carga-horária de trabalho 40 horas/semana e 4 semanas por mês / Diretoria de Registro e Transferências, 2016, CBF

5Estudo de 2014 da Universidade Gallup-Purdue, EUA